Acontecimentos sinistros e fenômenos estranhos assombram depoimento de João de Deus à polícia; confira


Por Jane
terça, 18 de dezembro de 2018

"Segundo o site do 'Extra', durante o interrogatório do médium João de Deus, que foi realizado na delegacia Criminal de Goiás, na noite de domingo (16), foi marcado por alguns eventos estranhos e sinistros e deixou a  delegada e escrivães em Goiânia assustados.


De acordo com a postagem no site, tudo iniciou quando começaram a interrogar o líder espiritual que está sendo acusado de abuso sexual por mais de 500 denúncias, que incluem também lavagem de dinheiro.  

Durante os questionamentos, o computador usado para registrar o depoimento começou a dar problemas. os teclados travaram em algumas letras e a impressora do nada começou a imprimir sem que tivesse recebido qualquer comando, de acordo com informações repassadas ao 'Globo'. 


Mas não parou por aí, logo em seguida, na sala da delegada Karla Fernandes, que era quem estava conduzindo a oitiva do médium, um curto circuito acabou assustando todos, quando ela tentou ligar uma extensão conectada ao ar-condicionado até o frigobar que acabou queimando.  

 "Começou dando um problema no computador, no teclado do computador, uma letra ficou travada. Mas o depoimento não chegou a ser prejudicado", tranquilizou o delegado-chefe da Polícia Civil de Goiás, André Fernandes, no dia seguinte ao ocorrido.